Get the Flash Player to see this player.
Flash Image Rotator Module by Joomlashack.
Project Life
Project Life
Project Life
Project Life
Project Life

Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Home O Projeto Espécies-alvo Flora

Flora

Chamaemeles-coriacea-JBM

Nome da Espécie: Chamaemeles coriacea*

Espécie endémica da ilha da Madeira ocorrendo nos IPS.

Anexos: Anexo II* e IV da Diretiva Habitats, espécie prioritária (código 1537)

Grau de conservação – Esta espécie no conjunto das ilhas em que ocorre, de acordo com os critérios da IUCN de 2001, é um taxon “Vulnerável” enfrentando um risco elevado de extinção no estado natural. O seu estatuto de conservação na ilha e IPS, de acordo com os critérios IUCN (2001) é em “Perigo Crítico” de extinção.

Tamanho da população: O número total de indivíduos adultos desta espécie estimado para todo o arquipélago da Madeira é inferior a 400. O tamanho estimado da população, incluindo indivíduos jovens e adultos, para a ilha e IPS é de 6.


 

Marmulano--sideroxylon-marm

Nome da Espécie: Sideroxylon mirmulans (Sideroxylon marmulano)

Espécie endémica da Ilha da Madeira.

Anexos: Anexo IV da Diretiva Habitats (código 1651)

Grau de conservação – No conjunto das ilhas em que ocorre esta espécie não se encontra ameaçada. No entanto, de acordo com as categorias IUCN (2000) e com base numa reclassificação elaborada pelo Jardim Botânico da Madeira, as populações desta espécie da ilha e IPS devem ser consideradas “Em Perigo Crítico” de extinção.

Tamanho da população: O número de indivíduos adultos de Marmulano presentes nos ilhéus e ilha do Porto Santo é inferior a 50, o que o coloca entre os táxones/populações de carácter especial mais ameaçados do arquipélago da Madeira.

Esta espécie está restrita alguns picos e ilhéus da ilha do Porto Santo. Nestes últimos, está restrita às encostas ou falésias do ilhéu da Cal e ilhéu de Cima, constituindo o único elemento arbustivo-arbóreo indígena existente. Esta espécie encontra-se assim inserida no habitat natural de interesse comunitário da Diretiva Habitats, 1250 – Arribas ou Falésias com Flora Endémica das Costas Macaronésicas.

É de referir que as populações desta espécie presentes na ilha e IPS apresentam indícios de divergência morfológica, decorrentes da especificidade edafo-climática do Porto Santo, e que nos leva a considerar uma possível diferenciação ao nível genético em relação às restantes populações do arquipélago da Madeira, nomeadamente da ilha da Madeira e das ilhas Desertas. Neste contexto, devemos considerar as populações da ilha do Porto Santo com uma possível unidade evolutiva divergente das populações da ilha da Madeira e das ilhas Desertas, e por conseguinte uma unidade de conservação à parte.


 

Phagnalon-hansenii--Iscas

Nome da Espécie: Phagnalon lowei (=Phagnalon hansenii; P benettii)

Espécie endémica da ilha da Madeira, ocorrendo nos IPS.

Anexos: Anexo II e IV da Diretiva Habitats (código 1817)

Grau de conservação – No conjunto das ilhas em que ocorre, esta espécie não se encontra ameaçada. No entanto, o seu estatuto de conservação nos IPS é desconhecido sendo possivelmente ameaçado.

Tamanho da população: O tamanho da população de indivíduos adultos na ilha e IPS é desconhecido e necessita de ser avaliado.

As populações desta espécie na ilha do Porto Santo encontram-se em áreas sujeitas a uma enorme pressão urbanística e turística, o que tem conduzido uma redução continuada e sistemática das populações desta espécie durante os últimos anos. Os ilhéus da ilha do Porto Santo constituem-se como refúgios privilegiados para a ocorrência desta espécie, da qual se destaca a zona planáltica do ilhéu da Cal. Embora esta espécie esteja considerada para todas as ilhas do arquipélago da Madeira, as populações da ilha do Porto Santo apresentam características fenotípicas que indiciam uma diferenciação genética em relação às restantes populações presentes nas ilhas da Madeira e Desertas, e por conseguinte a população da ilha e IPS deverão ser consideradas no seu conjunto como uma unidade de conservação distinta.


 

Monizia-edulis

Nome da Espécie: Monizia edulis

Género endémico da ilha da Madeira

Anexos: Anexo II e IV da Diretiva Habitats (código 1620)

Grau de conservação – O número de indivíduos adultos estimado para o conjunto das ilhas do arquipélago da Madeira é inferior a 250. Esta espécie, de acordo com os critérios da IUCN de 2001, é um taxon “Em Perigo Crítico” enfrentando um risco extremamente elevado de extinção no estado natural. O seu estatuto de conservação nos IPS é desconhecido e necessita de ser avaliado.

Tamanho da população: Atualmente só existem três populações naturais confirmadas (Maciço Montanhoso Central da ilha da Madeira, ilhéu da costa norte da ilha da Madeira e ilha Deserta Grande). O Tamanho da população de indivíduos adultos desta espécie na ilha e IPS é desconhecido e necessita de ser avaliado.

Actualizado em (Segunda, 15 Fevereiro 2016 11:38)

 
Projetos LIFE SPNM
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Notícias
Parceiros
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Subscreva a newsletter
Contador de Visitas
357913
Site Actualizado em :Terça 24 Maio 2016, 13:51